segunda-feira, 21 de novembro de 2011


 
Você seria só mais um dos chicletes que masco para distrair o dia, se não viesse com a capacidade incrível de recuperar o sabor o tempo todo.

Tati Bernardi
 
 
 
  

2 comentários:

  1. Um doce sabor que nunca acaba...
    ADOREI!

    ResponderExcluir
  2. Talvez esse seja o problema, né?!?! Se perdesse logo o docinho... seria mais fácil jogar fora. rsrs


    Bjuss;)

    ResponderExcluir