sábado, 12 de fevereiro de 2011


E te espero ao entardecer, em um ponto qualquer à beira do mar...

Caio F. Abreu

Nenhum comentário:

Postar um comentário